Make your own free website on Tripod.com
Home | Origem | Comissão Organizadora | Notícias | Programação | Homenagem | Padrinho & Madrinha | Concurso de Fantasia | Histórico | Fotos
Antigos Carnavais

Homenagem

foto: Arquivo
dosinho.gif
Dosinho, cantor e compositor de carnaval

Dosinho – Homenagem permanente ao Frevo O potiguar Claudomiro Batista de Oliveira, o Dosinho, iniciou sua carreira na década de 1940, escrevendo letras para campanhas publicitárias e políticas, além de alguns sambas-enredo. Seu contato mais direto com a música começou na Rádio Nacional, no Rio de Janeiro, quando foi assistente de orquestra. Depois, passou a trabalhar como agente para a Gravadora Copacabana, e depois como representante na Gravadora Mocambo. A arte de Dosinho começa, então, a ser conhecida nacionalmente, mas só após 10 anos suas primeiras composições foram gravadas. Seu primeiro LP, Primeiro Ensaio, foi lançado em 1962, reunindo as principais canções de sua carreira. Essa obra foi considerada, por Luís da Câmara Cascudo, “uma das expressões mais legítimas de nossa cultura popular”, levando Dosinho a receber elogios do historiador: “Dosinho tem a linguagem musical. Diz todas as suas emoções na linha melódica, doce, clara, fácil, com uma naturalidade de fonte. E uma grandeza espontânea de predestinado”. No mesmo ano, compôs os hinos dos clubes de futebol ABC e Alecrim, além de um segundo hino do América Futebol Clube. Dozinho teve músicas gravadas por Claudionor Germano, Blecaute e Trio Guarany com Orquestra Tamandaré, entre outros. Após sua música ter passado um período esquecida (desde 1975), em 2000 Dosinho retomou sua carreira, depois que recebeu uma proposta da Universidade Federal do Rio Grande do Norte para regravar suas músicas. Em 2007, o artista, completou 80 anos de idade e contabiliza mais de 50 anos de carreira, trouxe a Natal seu 5° CD, Carnaval Festa do Povo (que já havia sido lançado em Recife), com onze músicas, entre inéditas e consagradas, cantadas por nomes como Marlene, Isac Galvão, Paulo Tito e Claudionor Germano, além de outros. Uma das faixas, o frevo Bloco do mensalão, faz menção a um dos acontecimentos que marcaram a política do Brasil. A Banda Antigos Carnavais decidiu prestar uma homenagem permanente ao frevo, na pessoa do compositor potiguar Claudiomiro Batista de Oliveira, conhecido por Dosinho. Ele nasceu em Campo Redondo(RN), município da região do Trairi, distante 144Km da capital. Dosinho é o criador de muitos sucessos carnavalescos, entre eles "Doido também apanha" e será o principal personagem de uma campanha de resgate do frevo carnavalesco potiguar, cujo ápice acontecerá sempre no Carnaval.

Visite o blog: http://movimentoantigoscarnavais.blogspot.com